EXPO REVESTIR 2017 – O que vimos por lá? (parte 3)

Quem aí ama metalizados, cobogós e peças em 3d?

Esse ano foi possível observar que eles estão em alta e cada vez mais as marcas investem em acabamentos e design de peças. Passeando pelos estandes da Expo Revestir 2017 foi possível ver a diversidade de materiais disponíveis no mercado.

Metálicos: O metal sempre foi um elemento valioso e não só por causa do brilho especial que fornece a qualquer espaço mas também devido à sua capacidade em refletir a luz. É também muito versátil e se adapta e se mistura com qualquer estilo de decoração.

 

Revestimento 3D: Para dar mais personalidade e sofisticação à decoração e trazer novas texturas e sensações aos ambientes os revestimentos 3D vêm ganhando cada vez mais destaque. A tendência cresce também pela facilidade de aplicação dos produtos e pela variedade de materiais, formas e tamanhos.

 

Porcelanosa
Tanto a alta qualidade como a resistência dos materiais cerâmicos da porcelanosa tornam possíveis os projetos em bronze e rosé. Além de ultrapassar o estilo convencional podem ser introduzidos nas paredes de espaços exigentes como cozinhas ou banheiros

 

Santa Luzia

Revestimento produzido em poliuretano reciclado, leve e de fácil instalação. Está disponível nas cores Preto, Branco, Ouro e Ouro Rosê

 

Cobogós: Nos trópicos a luz do sol incide de forma generosa. Os elementos vazados desenham a sombra nos pisos e paredes e causa um efeito que transforma todo o ambiente para quem o vê desde o exterior e interior. Durante as estações e ao longo dos dias essa luz natural surge de diferentes formas como um componente que sobrevém na Arquitetura. No decorrer da noite, a luz artificial atravessa os pequenos vãos do interior para o exterior, tornando a arquitetura uma espécie de luminária urbana que interage com as sombras de seus usuários e mobiliário.

 

Manufatti

A linha Argilla, grande novidade da marca, vem com uma pegada rústica e marcante criada a partir da argila na sua composição pura e disponível nas cores Natural, Off White e Carbono. Já a coleção Porcellana tem como principal característica seu design inusitado com quinze opções diferentes de peças em inúmeras variações de cores especiais que variam de tons fortes como cobalto, jeans, petróleo ou nas cores metalizadas que surgem nas versões de pérola, grafite, furta cor e bronze, entre outros.

Os revestimentos 3D da manufatti estão um arraso. Reparem que são iluminados.

 

 

Decortiles

Revestimento 3D na cor figo.

O cobogó assinado pela designer Calu Fontes para a Decortiles.

 

Santa Luzia

Santa Luzia trouxe uma linha de revestimento inspirada nas escamas de peixes brasileiros. O produto reutiliza o poliuretano e foi criado por Marcelo Rosenbaum e o Fetiche.

 

Solarium

Para a Solarium, o designer Zanini de Zanine desenhou a linha losangular Joá e o cobogó Leno, na foto, que receberam grande influência da linha de raciocínio de Athos Bulcão.

 

Nina Martinelli: A coleção Cemento de cobogós é fabricada em concreto arquitetônico.

 

Passeio

O cobogó Itacoa, pode ser utilizado tanto em ambientes externos quanto internos. Pode servir de base para jardins verticais – veja mais sobre eles aqui – ou simplesmente como parte da vedação externa de casas baixas. Em ambientes internos, pode fazer belos biombos em halls de entrada, com ou sem vegetação e ainda integrar, sem abrir completamente, ambientes contíguos como livings e jantares, cozinhas e áreas de serviço, entre tantas outras ideias.

Monte seu ambiente

Revestimento 3D

Elemento vazado estrela-do-mar

Revestimento de parede

Elemento folha vazado

Revestimento HD

FONTE: http://www.indicadecor.com.br/1240-2/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *